Xat

Seguidores

terça-feira, 26 de maio de 2009

Balaão...Bicho Fala?

O profeta Balaão é chamado por Balaque, o rei de Moabe, para amaldiçoar os israelitas. São-lhe oferecidas muitas riquezas para fazer isso. Balaão pede orientação a Deus e Ele lhe diz que não amaldiçoe o povo. Mas Balaão é ganancioso, e tenta a qualquer custo amaldiçoar o povo. A caminho para encontrar-se com Balaque, a jumenta de Balaão vê um anjo, mas ele não. Finalmente, o Senhor “abre a boca” da jumenta. Ela e Balaão mantêm um diálogo sobre ira e crueldade aos animais. Balaão vê o erro de suas atitudes e promete dizer apenas o que o Senhor lhe disser que fale. Finalmente, Balaão pronuncia três bênçãos, não maldições, e então é dispensado por Balaque


Baseado na historia de Balaão – Números 22-24.


(Leve um burrinho de madeira ou de pelúcia, ou uma gravura de um jumento)

Animal fala? Cachorro fala? Gato fala? Elefante fala? E minhoca fala? Papagaio fala? Não, Papagaio não fala, ele apenas repete os sons. Mas hoje vamos lembrar a historia de um animal que falou e quando falou, deu uma “repreensão” num homem.
Bem a jumenta da nossa historia pertencia a Balaão. Era um animal forte, como todos os jumentos o são e, alem disso, era muito trabalhador. Ele carregava coisas para o seu dono, quando esse precisava de ajuda. Ele também o transportava de um lugar para o outro, pois era o único meio de transporte de Balaão, seu dono.
Mas um dia aconteceu algo muito estranho.
O rei dos moabitas enviou alguns mensageiros a Balaão para lhe pedir que os acompanhasse para amaldiçoar, ofender xingar e enviar pragas contra o povo de Deus. Claro que Balaão se recusou por completo a ir! Como poderia ofender, amaldiçoar em nome de Deus, o próprio povo de Deus!?
Porém, dias depois, o rei dos moabitas mandou novos mensageiros e estes disseram a Balaão que se ele fosse, ganharia um grande tesouro.

Ganhar dinheiro? Balaão bem que gostaria!
Aliás, existe tanta gente que faz qualquer coisa por dinheiro!
E Balaão pensou, e finalmente combinou com eles: Vou orar a Deus e se Ele deixar, eu irei com vocês amanhã cedo”. Mas Deus continuava dizendo: “Não vá”. De manhã cedo, os moabitas já tinham voltado para suas casas, sem Balaão.

Balaão pensou: “Não posso perder essa grande oportunidade de me tornar rico.” E então, ele pegou a sua Jumenta e partiu atrás dos mensageiros do rei de Moabe.
Vocês acham que Deus ficou feliz com a desobediência de Balaão? Claro que não!
Por isso, enquanto Balaão seguia pensando em quanto dinheiro iria receber. De repente, a Jumenta saiu do caminho e correu para o campo. Balaão ficou tão bravo que pegou um pedaço de pau e lhe bateu com muita força. O animalzinho continuou andando, mas de repente ela se encolheu contra um muro e apertou a perna de Balaão, que gritando muito irado, começou novamente a bater nela.

Então, a jumenta andou poucos passos e como no lugar onde ela estava na dava para fugir, empacou, e deitou no caminho. Balaão, sem entender o que estava acontecendo, desceu do seu lombo e passou a bater nela outra vez.

Então amiguinhos, aconteceu algo fantástico! A nossa jumenta falou! Ela disse: “por que você esta batendo em mim já pela terceira vez?”
Apesar de animal não falar, Balaão estava tão bravo, mas tão bravo que nem percebeu isso e começou a discutir com a jumenta. Então, Deus teve que fazer mais um milagre: abrir os olhos de Balaão.
E sabem o que ele viu? Um anjo com uma espada na mão. Ele percebeu que Deus estava fazendo todo o possível para ajudá-lo obedecer.

Crianças, hoje com certeza, se vocês desobedecerem, seu cachorro ou gato não irão falar, e vocês não irão ver o seu anjo entristecido. Mas saibam que Deus ainda quer ajudá-los a não pecar. Portanto, quando vocês estiverem para desobedecer, orem e Deus enviará ajuda, para que vocês possam vencer a tentação.


Um comentário:

  1. Na minha Bíblia Deus disse a Balaão a segunda vez que ele podia ir!

    Também não fala que ele usou um pau para bater a 1ª e 2ª vez!

    È pena que não seguiu o texto.

    ResponderExcluir